Política

Pantera Negra: Atriz Danai Gurira é nomeada embaixadora da ONU Mulheres

  Wendy Stefani    sábado, 05 de janeiro de 2019

Durante o Festival Global Citizen Mandela 100, a atriz Danai Gurira, conhecida por interpretar a personagem General Okoye nos filmes “Pantera Negra” foi nomeada embaixadora da Boa Vontade da ONU Mulheres.

A busca por igualdade entre homens e mulheres continua. A grande notícia é que está crescendo o número de apoiadores dessa causa, sendo este inclusive um dos trabalhos das Nações Unidas. A chefe da agência das Nações Unidas acrescentou ainda que a artista é um exemplo influente, tanto em sua vida pessoal quanto profissional.

Gurira que é de origem norte-americana e zimbabuense recebeu seu título honorário durante o evento realizado em Joanesburgo, na África da Sul.

“Como autora, artista e ativista em busca do empoderamento feminino e da igualdade de gênero, com seu olhar aguçado para os direitos humanos, ela está unicamente qualificada para comunicar e inspirar” afirmou a diretora-executiva da ONU Mulheres, Phumzile Mlambo-Ngcuka, ao anunciar a nomeação.”

Durante o evento nomeado por  16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres. Pode-se ter o anúncio da própria Gurira:

“Sempre busquei romper os limites e contar as histórias daqueles que são frequentemente marginalizados e ignorados. Estou muito feliz em me unir à ONU Mulheres para amplificar muitas outras histórias de todo o mundo e para dar voz aos que estão trabalhando incansavelmente para tornar a igualdade de gênero uma realidade (…) “Vivemos um momento de urgência, um tempo em que a nossa participação é fundamental para assegurar que todas as mulheres e meninas, independentemente de onde vivem, onde cresçam ou onde trabalhem, vivam num mundo em que o seu potencial possa realizar-se plenamente: um mundo de verdadeira igualdade”, concluiu Gurira.”

Além de atriz e dramaturga de reconhecimento internacional, Gurira é também uma aclamada escritora, buscando destacar as vozes das mulheres que são silenciadas e que vem mudando lentamente. As mulheres lutam e estão encontrando atos de resistências e aprendendo a realidade e importância da solidariedade com as vivências e história das mulheres de todo o mundo.

Wendy Stefani

Wendy Stefani

Bióloga - UFSCar. 26 anos. Se perde em páginas de livros. Sonha em viajar pelo mundo. Apaixonou-se por escrever sobre os universos que lhe tocam. Diz sim, para todo convite que lhe permita viver algo novo. Sushi e chocolate? QUERO! :)

Todos os posts da Colaboradora »

Comenta aí!

Novidades por e-mail

Quer receber um boletim quinzenal com as principais novidades e produtos da nossa loja? Então assine nossa Newsletter abaixo. Não divulgaremos seu e-mail e não enviaremos SPAM, palavra de escoteira.