Cinema

Especial Halloween: Confira os 10 filmes clássicos de terror de todos os tempos

  Mayra Benedetti    quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Chegamos na época mais trevosa do ano, e para comemorar, temos uma lista (de arrepiar) dos filmes de terror que marcaram época. Pegue seu balde de pipoca, e corra para a frente da tv para maratonar os clássicos!

O Exorcista

Lançado em 1973, o Exorcista foi inspirado no livro homônimo de William Peter Blatty. O filme conta a possessão de uma garota de 12 anos, já o livro teve inspiração no caso de uma possessão em um garoto de 14, documentado em 1949. É considerado o mais aterrorizante clássico filme de terror, com cenas fortes de possessão, a famosa cena de Regan ”girando a cabeça” e descendo as escadas. Com certeza, muitos passaram a dormir com a luz acesa depois de assistir. rs

O Massacre da Serra Elétrica

Lançado em 1974, é um filme dos gêneros terror e slasher, e o enredo gira em torno de dois irmãos que viajam com seus amigos até o Texas com o objetivo de verificar o túmulo danificado de um parente, porém no caminho se deparam com um grupo de canibais. Um clássico para quem adora ver muito sangue escorrendo pela tela da TV.

Franquia Jogos Mortais

Os filmes da franquia giram em torno de um assassino, Jigsaw, um doente terminal, que rapta pessoas e coloca-as em armadilhas para testá-las e ver se elas merecem a sua vida abusiva. As vítimas estão geralmente ligadas de alguma forma.

O Iluminado

Lançado em 1980, foi inspirado na obra de Stephen King. A história se passa no hotel Overlook, onde Jack Torrance muda-se com sua esposa e seu filho Dany. Dany Torrance possui poderes psiquícos, que o permite ver o passado e o futuro, como os fantasmas que habitam o hotel.

Hellraiser – Renascido do Inferno

É uma franquia de filmes de terror psicológico, que tem como foco os cenobitas, uma raça interdimensional que vem a Terra com o intuito de trazer “prazer”, mas na realidade trazem dor e sofrimento. Os cenobitas se alimentam do “suplício humano”. Para chamar os Cenobitas para nosso mundo, o invocador precisa estar em posse da Caixa de Lemarchand, também conhecida como Configuração do Lamento. A caixa serve como um portal e uma chave para o inferno. Os cenobitas possuem um tipo de líder, que possui o rosto e cabeça cravejada de pregos, que vão até o cérebro.

Bruxa de Blair

Foi Lançado em 1999, em forma de documentário. Um grupo de três jovens cineastas desaparece ao entrar em uma floresta de Maryland para gravar um documentário sobre uma lenda local conhecida como “A Bruxa de Blair”. Anos depois, a câmera que usavam é encontrada.

It: A Coisa

Com toda a certeza, o palhaço Pennywise colou medo em muita gente com sua aparição no filme It. Em 2017, foi feito um remake do filme de 1990, baseado na obra de Stephen King. O filme antigo, foi alvo de críticas pelo visual ruim, e a versão atual entrou na lista dos melhores filmes de terror já feito. Uma versão insana, de arrepiar…

A Hora do Pesadelo

Foi lançado em 1986, e com toda a certaza, tirou o sono de muitos fãs de terror (literalmente)! A historia é sobre um grupo de adolescentes que começam a ter pesadelos horríveis, em que são atacados por um homem deformado com garras de aço. Ele apenas aparece durante o sono e, para escapar, é preciso acordar. Os crimes vão ocorrendo seguidamente, até que se descobre que o ser misterioso é na verdade Freddy Krueger, um homem que molestou crianças na rua Elm e que foi queimado vivo pela vizinhança. Agora, Krueger pode ter retornado para se vingar daqueles que o mataram, através do sono.

Sexta-Feira 13

Lançado em 1980, foi o primeiro filme da franquia. O filme conta a história de um grupo de adolescentes que são assassinados um a um por um assassino desconhecido enquanto tentam reabrir um acampamento abandonado. Esse assassino é Jason Voorhees, e sua  icônica máscara de hóquei foi usada pela primeira vez em Sexta-Feira 13 Parte III.

A Bruxa

Certamente, esse foi o filme mais polêmico de 2015. As críticas se dividiram: muitos não gostaram e muitos amaram (que foi o meu caso). A história central é bem controversa, pois em pleno século 17, uma família tomada pela histeria e pressão religiosa, acusa a filha mais velha do sumiço de seu irmão mais velho. Eu me senti totalmente envolvida com a trama, e achei em alguns momentos um clima bem pesado. Esse é aquele tipo de filme que te arrepia do início ao fim, porém ou você ama ou odeia, não há meio termo.

Comentários

Comentários

Mayra Benedetti

Mayra Benedetti

Apaixonada pelo mundo dos livros e quadrinhos. Colecionadora de funkos e gatos. DCnauta assumida. Tenho a Mulher-Maravilha como inspiração.

Todos os posts da Colaboradora »

Comenta aí!

Nuvem Hospedagem 50% OFF

Novidades por e-mail

Quer receber um boletim quinzenal com as principais novidades e produtos da nossa loja? Então assine nossa Newsletter abaixo. Não divulgaremos seu e-mail e não enviaremos SPAM, palavra de escoteira.

Lista de Desejos 0
Abrir sua Lista de Desejos Continue Comprando