Pets

Loja vende bolsas super realistas em formato de gatinhos!

  Drielly Rigotti Yamada    segunda-feira, 05 de agosto de 2019

Gatos, além de companheiros, são lindos. E para quem é fã desses adoráveis peludos, gosta de tudo quanto é novidade com a carinha deles, não é mesmo? Pois não seja enganado por essas belezuras, eles não são gatinhos de verdade, mas são bolsas fofas de gatinhos!

Isso não são gatos de verdade, são bolsas fofas de gatos!

A Felissimo é uma marca japonesa de produtos estilosos inspirados em gatos e acaba de lançar essa coleção de kinchakus. E encheu nossos olhos de fofura extrema. O kinchaku é uma bolsa tradicional japonesa, utilizada por mulheres que vestem kimonos. Os “Nekomannmaru Kinchaku”, como essas bolsas são chamadas oficialmente, custam 2,478 yen (aproximadamente 23 dólares) e podem ser compradas na loja oline da Felissimo.

Apesar do design inspirado em uma bolsa tradicional japonesa, concordamos que esses lindos gatinhos combinam com qualquer outro estilo. Não é mesmo? As bolsas são bem compactas, contudo, a empresa diz que você pode carregar duas tolhas de rosto ou um par de meias. Quando aberta, ela fica em formato plano e ao puxar as cordinhas, o lindo e fofinho gatinho toma sua forma. A bolsa é tão fofa que poderíamos, facilmente, achar que é um gatinho de verdade!

São quatro modelos disponíveis e podem ser adquiridos por meio de “assinatura”, ou seja, você não escolhe qual modelo de bolsa gatinho você quer, vai ser uma surpresa quando ele chegar na sua casa. Mas, isso não é um problema, não é mesmo? Queríamos logo os quatro! Ah, e todos os detalhes são importantes. A Felissimo não esqueceu de acrescentar os adoráveis rabinhos!

Drielly Rigotti Yamada

Drielly Rigotti Yamada

Advogada por profissão, nerd por paixão.

Todos os posts da Colaboradora »

Comenta aí!

expertautopecas.pt

Novidades por e-mail

Quer receber um boletim quinzenal com as principais novidades e produtos da nossa loja? Então assine nossa Newsletter abaixo. Não divulgaremos seu e-mail e não enviaremos SPAM, palavra de escoteira.