Violeta, adolescente (13 anos), super-heroína, e punk, essa é a descrição da personagem principal do mais recente trabalho de Guilherme Petreca, o quadrinho Superpunk, lançado na CCXP 2017.

Superpunk é um prólogo (até mesmo na capa consta a informação #00) de um quadrinho que o Guilherme pretende desenvolver para o ano de 2018 ou 2019. E eu já adorei as primeiras páginas.

Adolescente, super-heroína e punk: Superpunk




Nossa pequena heroína, apesar de se mostrar descontente e entediada durante as aulas de matemática, é muito inteligente e acaba saindo da aula pelo bem maior: salvar a cidade dos monstros que ela derrota com suas próprias forças e finaliza de uma maneira super legal (e eu estou aqui, tentando vasculhar em minha mente se tem alguma referência há algum desenho antigo no modo em que ela acaba com o monstro. Mas, não posso pedir ajuda, se não, acabaria dando spoilers).






Gosto do estilo desenvolvido em torno da personagem Violeta, que acaba me lembrando um pouco a personagem “Punk, a Levada da Breca” e o ar de inocência que ela transmite com seus olhos grandes e redondos.

Estou bem ansiosa pela continuação e espero que saia logo em 2018. Por mais super-heroínas garotas!






Guilherme Petreca é ilustrador e autor das HQ’s: Galho Seco, Carnaval de Meus Demônios e YE. Para acompanhar um pouco sobre o trabalho dele, siga o instagram: @guilhermepetreca

Drielly Rigotti Yamada

Drielly Rigotti Yamada

Escorpiana desde 1993, é advogada e adora unicórnios. É descendente de italianos e japoneses. É apaixonada pela cultura japonesa e por nerdisses. Vive entre o mundo da moda, das artes e das leis. @heydry
Drielly Rigotti Yamada

Últimos posts por Drielly Rigotti Yamada (exibir todos)

Posts relacionados

  • 12
    Shares

Comentários

Comentários