As loot boxes estão causando polêmica e as desenvolvedoras estão recebendo um monte de críticas. O movimento começou no segundo semestre de 2017 e novas vozes vêm se juntando à discussão, que já está causando “vítimas” como você verá no final do texto. O que está acontecendo?

Esquema para enganar adolescentes

As loot boxes, tal como apareceram em jogos como Overwatch e Star Wars Battlefront 2, exigem ao jogador um pequeno pagamento em troca da possibilidade de pegar armas mais potentes, itens cosméticos, etc. Contudo, como saberá quem já jogou, não se trata de uma compra, mas sim de tentar arriscar e ver o que vai sair. Depende da sorte de cada jogador; ou seja, depende das “odds” do “software”, tal como foi programado pela desenvolvedora.

Loot boxes: a polêmica da vez no mundo dos videogames

Na prática, o mecanismo é igual ao de uma máquina caça-níquel que se encontra nos cassinos: você joga e espera ter sorte. Só que, ao contrário dos cassinos que são direcionados para um público adulto, grande parte do número de usuários dos videogames não tem idade para esse tipo de mecanismo.

E mesmo que você pense “mas que mal tem? Afinal o prêmio não é uma quantidade incrível de dinheiro nem um jackpot, mas apenas um item para o jogo”, a opinião pública mundial está ficando contra isso. Estão surgindo relatos de jogadores que gastam dinheiro sem controle em loot boxes, e para as desenvolvedoras a receita é bem maior do que para os cassinos, exatamente porque nunca pagam prêmios em dinheiro nesse negócio.

Críticas a nível mundial

São vários os casos de críticas às loot boxes ao mais alto nível. Na Europa, foi o próprio governo da Bélgica que sugeriu que a União Europeia deveria proibir a funcionalidade. Nos Estados Unidos, uma senadora se dirigiu ao Entertainment Software Rating Board (ESRB) para exigir explicações e mais controle. E na Austrália, uma grande reportagem do jornal ABC veio denunciar o problema.

Loot boxes: a polêmica da vez no mundo dos videogames

O que vai fazer a indústria?

Muitos comentaristas vêm falando que a indústria de videogames, que é, no geral, autorregulada, vai desistir dessa batalha para evitar mais intervenção por parte dos governos em sua atividade. No início desse mês, a Monolith Productions anunciou precisamente que vai retirar as War Chests do jogo “Middle Earth: Shadow of War”, depois de ter ouvido as reclamações da comunidade. A Monolith assumiu que as loot boxes estavam desvirtuando a essência do jogo.

Não será que virão mais desenvolvedoras tomar uma posição semelhante em um futuro próximo?

Carolina Turck

Carolina Turck

Gaúcha apaixonada por São Paulo, Coca Zero e chocolate com menta. Anti-social por opção e nerd por condição.
Carolina Turck

Últimos posts por Carolina Turck (exibir todos)

Comentários

Comentários