Resumindo em termos mais técnicos, porém de fácil entendimento, uma televisão 4k tem especificamente uma imagem UHD (Ultra Alta Definição), que é uma resolução de tela quatro vezes maior em relação ao que conhecemos como HD (Alta-Definição). A Consumer Electronics Association define as telas 4k como sendo de proporção 16:9 – widescreen – e tendo uma resolução mínima de 3840 x 2160 pixels, enquanto a resolução de uma tela Full HD, tem 1920x 1080 pixels. Os televisores com tecnologia 4k têm sido uma grande tendência especialmente neste ano, sejam elas com telas planas tradicionais, curvas ou até mesmo flexíveis, são muito apreciadas pelos consumidores mais exigentes do mercado.

É quase raro encontrar uma televisão com resolução 4K que seja menor que uma de 50 polegadas. A razão para isso, é que em princípio, somente equipamentos maiores teriam condições de juntar viabilidade técnica de construção e qualidade de imagem notadamente elevada. A novidade é que a era dos smartphones e tablets com resolução 4K pode começar ainda em 2015. Alguns fabricantes estão apostando nesta nova tecnologia que vai beneficiar principalmente quem gosta de jogar nestes dispositivos, já que com uma resolução muito melhor, os usuários ficariam bem satisfeitos em relação às suas ambições com a tal ‘realidade virtual’.

A tecnologia 4K começou a ser desenvolvida e aprimorada o ano de 2003, mas começou a ser usada e aproveitada de verdade em 2006, através do cinema. Alguns anos mais tarde, já seria possível encontrar telas UHD em televisões mais sofisticadas, e podemos dizer que a Sony foi pioneira no desenvolvimento da tecnologia a partir destas TVs. No início, quase não havia conteúdo em 4k para assistir, mas este fato também começou a mudar, pois serviços em sites como Amazon, Netflix e YouTube já começaram a produzir e até transmitir conteúdo em 4K, tudo isso, para alegria dos usuários mais vorazes!

Como curiosidade, mesmo que este padrão de resolução possa ser chamado de ‘Ultra HD’ ou ‘UHD’, o termo ‘4K’ é a expressão mais usada, pois existe aí um grande suporte comercial. A letra ‘K’ em inglês é geralmente usada como representação do número mil. Desta forma, existindo 2 mil ou 3 mil unidades de alguma coisa, pode-se denominar esta mesma quantia em 2K ou 3K, por exemplo. Como a resolução da UHDTV é em números, o que se aproxima de 4 mil, foi presumido que a sigla 4K começou a ser usada como representação oficial pelo simples fato de que transmite uma noção muito clara de sua grandiosidade.

Vale a observação de que a existência do 4K não quer dizer que o HD e o Full HD ficarão renegados ao passado, pois estes padrões representam uma ótima qualidade em smartphones, tablets e até mesmo nas TVs. Isto, pelo menos por enquanto, já que a tecnologia com resolução 4k vêm agradando e atraindo cada vez mais consumidores pelo mundo afora, principalmente no Brasil.

Carolina Turck

Carolina Turck

Gaúcha apaixonada por São Paulo, Coca Zero e chocolate com menta. Anti-social por opção e nerd por condição.
Carolina Turck

Posts relacionados

  • 42
    Shares

Comentários

Comentários