O artista Omid Asadi, de 38 anos, é originalmente do Irã e atualmente reside no Reino Unido. Para ele, a arte é uma maneira de olhar diferente para o mundo e para si mesmo. Pensando nisso, a partir de técnicas de corte e entalhe, Omid criou formas e transformou folhas comuns que normalmente são vistas no chão e pisadas pelos outros sem muita atenção em obras de arte.

“Em geral, é a minha maneira de descrever a diferença entre as formas como vemos o que nos cerca, para mostrar que não tendemos a perceber as coisas comuns, a menos que sejam trazidas à nossa atenção.”

 

O interesse nesse trabalho detalhista e demorado surgiu quando Omid ainda era criança, ele usava uma agulha para criar formas e imagens em folhas e pétalas de rosas caídas do chão. Anos depois, o artista se indagou do porque o tratamento com folhas e pétalas caídas são diferentes, com as pessoas dando atenção para as flores e pisando nas folhas, reiterando o quanto a pétala já é vista como algo belo e a folha é vista como algo banal, tal percepção foi o que o motivou a fazer tais obras nas folhas e de fato trazer a todos a reflexão sobre o cotidiano e olhar com encanto para algo em que normalmente não vemos beleza.

Omid trabalha com técnicas e materiais diversos, fazendo também pinturas e esculturas por exemplo, mas ganhou reconhecimento com seu trabalho com entalhe nas folhas. Suas obras foram exibidas no The Coffee Art Project em Milão e Londres além de várias exposições em Manchester na Scaffold Gallery,  Air Gallery, Saul Hey Gallery, entre outras galerias.

Siga o artista: Instagram | omidasadiart.com

Natalia Sierpinski

Natalia Sierpinski

Educomunicadora e pesquisadora de quadrinhos, gênero e educação. Sou potterhead, não tenho treta entre Marvel e DC, gosto e acompanho ambas, adoro Star Wars, vídeo game, jogos de tabuleiro e cinema.
Natalia Sierpinski

Comentários

Comentários