Anime e Manga

Supercampeões: relembre o capitão Tsubasa

  Carolina Türck    domingo, 10 de junho de 2018

A Copa do Mundo da Rússia está chegando e com ela a febre do futebol. Mesmo quem não dá a mínima para o esporte terá dificuldade em evitar ser contagiado, principalmente no Brasil, o país que mais Copas venceu e que está sempre esperando, legitimamente, uma nova vitória.

Supercampeões: relembre o capitão Tsubasa

Milhões de torcedores, no mundo e também no Brasil, vão aproveitar a ocasião para fazer apostas esportivas. Os jogadores brasileiros irão procurar todos os detalhes sobre os jogadores e equipes, acompanhar as “odds” na Redbet e outros portais de apostas e fazer suas escolhas.

Essa é uma boa ocasião para relembrarmos um anime que marcou uma geração.

Supercampeões

Essa foi uma série absolutamente inesquecível para quem viu, e sem dúvida foi referência para uma geração. Ela trazia algo de novo: o futebol vinha dos estádios e das ruas e estava na TV, em versão “cartoon”. Tsubasa e seus companheiros conseguiam proezas incríveis e inspiravam a seguir seus passos jovens futebolistas, no Japão e por todo o mundo.

Na verdade, o objetivo do anime, que foi fortemente patrocinado pela associação japonesa de futebol, era exatamente esse. Não por acaso, o anime acompanhou o forte crescimento do futebol no Japão, sabemos que certamente esse não foi o único fator a levar o crescimento, foi a inspiração para milhões de jovens nipônicos – e no resto do mundo, como é o caso do famoso Iniesta, jogador do Barcelona, que já reconheceu em entrevistas suas a ligação ao personagem. (No mais, Iniesta também foi  comparado ao próprio Tsubasa.)

Animação de época, mas sucesso eterno

Recordando a série, é claro que os recursos de animação eram típicos de sua época e, se utilizados hoje, seriam deslocados. Até já deram origem a algumas piadas, como o fato de os gramados de futebol serem tão longos que seria necessário todo um episódio para ir de um gol até o outro.

Supercampeões: relembre o capitão Tsubasa

E tão longos mesmo que eram prova que a Terra é redonda, pois era possível ver os postes aparecendo no horizonte, como se fosse um navio. Se você fizer uma busca, poderá encontrar um trabalho do cartunista argentino Mordillo retratando aquilo que alguém chamou de “planeta Tsubasa”: personagens usados por Mordillo jogando futebol em um gramado que cobria todo um mini-planeta, com um gol no Polo Norte e outro no Polo Sul.

Os momentos de “suspense” também eram muito comuns na época, mas os séries de hoje têm mais dinamismo. Isso fazia com que uma partida de futebol durasse, se fossem contados todos os minutos dos episódios, bem mais que os 90 minutos do regulamento.

Mas tudo isso não tira a magia que só um grande anime consegue – e por isso mesmo foi feito um “remake” que será lançado em 2018.

Comentários

Comentários

Carolina Türck

Carolina Türck

Gaúcha apaixonada por São Paulo, Coca Zero e chocolate com menta. Anti-social por opção e nerd por condição.

Todos os posts de Carolina »

Comenta aí!

Nuvem Hospedagem 50% OFF

Novidades por e-mail

Quer receber um boletim quinzenal com as principais novidades e produtos da nossa loja? Então assine nossa Newsletter abaixo. Não divulgaremos seu e-mail e não enviaremos SPAM, palavra de escoteira.