A verdadeira batalha pela Liberdade está prestar a começar! Mas de qual liberdade estamos falando?

O Bairro da Liberdade, é claro! O bairro mais oriental de São Paulo. Lá você pode encontrar casas de lamen, restaurantes japoneses e coreanos, lojas de mangás, cosplayers andando pelas ruas, mercadinhos com produtinhos vindos direto lá do Japão e sem falar da famosa feirinha de domingo. Mas, o que poucos sabem que é nessas mesmas ruas, existem criaturas fantásticas, seres lendários, sociedades secretas e guerreiros em uma eterna disputa pelo território.

JaPow! A batalha pela Liberdade

É neste contexto que acontece a história do mangá JaPow!, escrito por Jun Sugiyama e Eduardo Capelo publicado pela Editora Draco que vem investindo no mercado de mangá nacional. Em JaPow! vemos a união da tradição da cultura japonesa com os desafios da vida moderna.

Em um belo dia, em uma visita ao bairro da Liberdade, Daniela Tomoe e Charlotte (a super-caracterização de uma garota otaku) acabam encontrando uma gangue ameaçando Suzuki-san, um senhor comerciante. Os arruaceiros agiam sob as ordens de um poderoso chefe e cobravam do senhorzinho em troca de “proteção”. E então, conhecemos o personagem principal, Jota, o caçador de yakuzas.

Achei a história super interessante, principalmente pela ambientação ser em um cenário pelo qual sou tão apaixonada: o bairro da Liberdade. Dividido em 4 capítulos, o quadrinho apresenta um pouco da cultura oriental, inclusive apresentando uma festividade tradicional, a Tanabata.

JaPow! Poderia muito bem virar um anime, aventura e história é que não falta. E eu já estou ansiosa pelo segundo volume.

PS: Ao contrário dos mangás tradicionais que se leem da esquerda para direita, os mangás da Editora Draco, são lidos da direita para esquerda. Eu ainda prefiro a forma tradicional.

Drielly Rigotti Yamada
Follow me

Drielly Rigotti Yamada

Escorpiana desde 1993, é advogada e apaixonada pela cultura oriental. Vive entre o mundo da moda, das nerdisses e das Leis.
Instagram: @heydry
Drielly Rigotti Yamada
Follow me
  • 5
    Shares

Comentários

Comentários